Centro de Investigações Diagnósticas

CID NEWS

Punção articular e infiltração na Reumatologia

Muitas são as indicações de abordagens como a punção articular para estudo do líquido sinovial (líquido que produzido e fica dentro da articulação) ou tratamento de algumas patologias, e muitos são os mitos e preocupações com esse método relativamente simples e útil na Reumatologia.

Punção articular, ou artrocentese, é um procedimento médico que consiste em abordar uma articulação através da introdução de uma agulha, obtendo-se acesso ao líquido sinovial. Infiltração é o termo utilizado para a injeção de alguma substância (medicamentos, contrastes, etc) dentro da articulação, que é feita por meio de uma punção articular, ou em estruturas periarticulares, como tendões e bursas.

A punção articular está indicada nos casos em que o médico precisa fazer análise laboratorial do líquido sinovial, geralmente na suspeita de doenças infecciosas ou artrites causadas por cristais, como a gota. O acúmulo de cristais, como o ácido úrico, pode ser visto em uma amostra do líquido que é analisada em um microscópio com uma lente especial.

A infiltração articular está indicada no tratamento de algumas doenças, como a artrite reumatoide e a osteoartrite (ou artrose). A infiltração com corticoides de depósito com a triancinolona pode melhorar a inflamação e aliviar a dor, e outros tipos de corticoides podem ser usados para tratar bursites e tendinites também por meio de infiltração. A injeção de ácido hialurônico também está indicada em alguns casos para melhorar os sintomas da artrose.

Virtualmente quase todas as nossas articulações podem ser abordadas por punção articular. Entretanto algumas de acesso mais difícil e mais profundas, como os quadris e as articulações da coluna, necessitam de um método de imagem (como a ultrassonografia ou a tomografia) para “guiar” o procedimento e minimizar possíveis complicações. Apesar de algumas articulações, como o joelho, serem facilmente abordadas sem a necessidade de métodos de imagem, o uso da ultrassonografia para guiar procedimentos intra e periarticulares tem se difundido cada vez mais, e está relacionado a uma melhor eficácia do procedimento.

Apesar de aparentemente um pouco assustador, os procedimentos de punção e infiltração são muito bem tolerados, e apresentam poucas complicações quando realizados de forma adequada. Alguns pacientes referem dor no local da punção ou na articulação abordada, e o sangramento é geralmente mínimo. Seja qual for a articulação ou estrutura envolvida, é sempre importante fazer um repouso relativo após o procedimento e seguir as instruções do médico.